turismo ecologico

Russia é a melhor escolha para turismo ecologico.

Turismo ecológico é o ramo do turismo que hoje em dia se desenvolve mais rapidamente. Um homem da cidade moderna que está cansado de rapidez da vida dos ruídos urbanos quer juntar-se a natureza, passear pelas florestas apaziguadoras, respirar limpo ar das montanhas, escutas as canções das aves.

Tal descanso é muito útil para a saúde física e espiritual do homem e foi por isso que ONU declarou o ano de 2002 um ano de turísmo ecológico. Rússia é um país dos mais atraentes para o turismo ecológico.A diferente clima da zona central da Rússia, vastos campos e florestas saudáveis são cantadas nas canções populares, em lendas fabulosas, nos versos de grandes poetas russos. Embora a parte central da Rússia é bastante populosa e industrial em comparação com outros regiões do país, aqui se pode encontrar lugares de natureza virgem que são muitos e atraem turistas ecológicos. Os lugares de maior importância são protegidos pelo estado e fazem parte de coutos ou parques nacionais.

Valdai 

Na parte ocidental da região de Tver, no planalto de Valdai encontra-se parque nacional central biosférico. Este é único por ter as florestas de coníferas de 500 anos. Não há igual na Europa. Estes lugares são atraentes para os amadores da natureza virgem. Neste parque as condições são perfeitas para os habitantes das florestas típicas russas—urso, lobo, alce, lebre branca, castor, marta. Alguns dos turistas conseguem tirar fotos dos animais na sua vida habitual.

Lago Seliger

Um dos lugares de descanso bem conhecidos na parte europeia da Rússia é lago Seliger. Neste habitam cerca de 30 espécies de peixe – bremas, lúcio, perca, A melhor peixe de Seliguer é sudak – uma espécie de perca – de que sonha cada pescador. Os peixes mais grandes são de 7-8 kg.

Mestshera

Mestshera é o terreno do afluente do rio Ocá único lugar da Rússia central está caracterizado por presença de traços característicos de quatro zonas diferentes: taiga, floresta latifoliada, zona transitória de estepe e floresta e estepes. Em parque nacional de Ocá existe único viveiro de gruas brancas em mundo pode encontrar bisontes europeus.

Em parque de Pereslavl que fica ao meio caminho de Moscovo a Yaroslavl estão crescendo a mais de 700 espécies das plantas, habitam mais de 60 espécies de animais e mais de 200 espécies das aves, muitas são raras. Os turistas podem andar por caminhos ecológicos, passear pelos arredores e nadar num lago pitoresco da Rússia central – Plestsheevo, poden visitar jardim botânico em que estão reunidas muitas plantas de todo o mundo.

Carélia

Costumam chamar a Carélia “pulmões da Europa” . Mais de 50% do seu território são florestas,cerca de 26% são dezenas de lagos, rios entre quais os mais grandes da Europa os lagos Ládoga e Onega. Os parques nacionais e coutos testa terra de Carélia aguardam os amadores de descanso activo e da natureza.
Parque nacional “Vodlozerskiy” é o mais grande na Europa. Aqui há muitas possibilidades para turismo aquático, passeios, turismo de aventuras e científico. O parque nacional “Paanayarvi” não é menos atraente para turismo ecológico, está no norte da Carélia e tem boas condições para pesca.

Arquipélago Valaam

Arquipélago Valaam no lago de Ládoga é famoso porque tem muitos monumentos históricos e de arquitectura e natureza bonita. A natureza rigorosa do norte, costa escarpada coberta de floresta de coníferas pitorescos golfos tem o encanto especial.
O parque nacional de Kenozero é um lugar notável para turismo ecológico na área de Arkhangelsk é um território do couto que se estende para norte até Kargopol. Aqui tem taiga, árvores de coníferas e floríferas, pinheiros. O parque é habitado por muitas espécies de aves e animais, alguns são incluídos no Livro Vermelho.
No território do parque as condições são boas para turismo rural. Viver numa casa camponesa, levantar na madrugada, lavar-se no lago de água limpa, segar o feno de dia e a noite tomar banho russo é o descanso que o parque nacional de Kenozero propõe aos seus hóspedes, óptimo lugar para a pesca e passeios quer a pé quer em canoa.

Kaliningrado

A região de Kaliningrado é um canto de natureza bao na extremidade ocidental da Rússia. Panoramas diversos, rios lagos, florestas, praias douradas de areia do mar Báltico convidam turistas do nosso país e do estrangeiro.
Os amadores da natureza virgem devem visitar o parque nacional na língua-de-terra Kurshskaia – uma estreita faixa de terra que separa o golfo Kurshskiy do mar Báltico. A maior parte do território do parque nacional está coberta de floresta mas o pormenor particular são dunas de areia, as mais altas na Europa. Elas estendem-se ao longo do golfo e tem em certos lugares altura até 60 metros.
Costumam chamar a língua-da-terra “ponte das aves”. Porque aqui é o lugar de migração das aves de Finlândia, Carélia, países bálticos para Europa meridional e África. Estas aves são cerca de 150 espécies. Em 1901 na língua-de-terra foi organizada uma das primeiras estações ornitológicas em mundo e continua a funcionar até agora.

Turismo rural

Múltiplas povoações aguardam os amadores de turismo rural. Os homens das cidades começam a gostar mais o descanso na aldeia. Muitos de nós querem descansar longe dos ruídos urbanos, relaxar na vida devagar da aldeia. As condições perfeitas para este tipo de descanso são organizadas nas aldeias da região de Kaliningrad. Aqui se pode pescar, andar montada ou bicicleta, ou passear, praticar uma “caça quieta” com máquina fotográfica ou vídeo, de noite descansar ao lado da fogueira ou dormir no feneiro. Quando mora na aldeia a comida é pura e ecológica, você mesmo pode participar nos trabalhos agrícolos ou cuidar dos animais. Este descanso carrega de boa disposição para muito tempo.
Curso inferior de Volga, especialmente seu delta no emboçamento ao mar Cáspio é , provavelmente, um dos melhores lugares de pesca. Habitam aqui a mais de cem espécies de peixe das pequenas tourinhas até grandes belugas. 25 espécies das peixes de Volga e Cáspio são de pesca. Entre elas esturjão, beluga, solho-rei, acipenser, brema, perca. Os peixes raras estão protegidas pela lei e sua pesca é rigorosamente regulamentada.

Cáucaso

A natureza do Cáucaso norte é única por muitas razões. Em primeiro lugar, porque é uma serra mais alta da Rússia com cinco montanhas mais altas do que 5000 em cima do nível do mar. As mais famosas são Elbrus e Kazbek. Em segundo lugar, porque é único lugar do país em que o clima é subtropical e as florestas perenifólias se estendem ao longo da costa do mar Negro para norte até Tuapse. E por último, porque os vales do Cáucaso norte tem muitas plantas, animais e aves que não habitam noutros lugares.
Quatro parques nacionais dos encostos do norte da Grande serra de Cáucaso encontram-se na sua parte ocidental. Cada um deles compreende diferentes serras, fundos abismos e majestosos topos. Há lagos de águas glaciais puras, quedas d'água, rios e relvados de altas montanhas. O mais famoso e acessível para turismo é o parque de Teberdá. É uma terra de rochas e gelos glaciares, lagos das montanhas (que são mais de 130) com pitorescos desfiladeiros dos rios Teberda e Gonatchkhira e excelentes florestas de coníferas e floríferas. Teberda é o lugar predilecto de reuniões de alpinistas e amadores de montanhas. No território do parque nacional encontra-se centro alpinista e de esqui de montanha Dombai.

Altai

Montanhas de Altai junto com Shória montanhosa e Alatau de Kuznetsk é um sistema complicado de serras cobertas de neve, pitorescas florestas e pradarias. A zona de Altai é multiface: montanhas, rochas, florestas coníferas, clareiras, zonas semideserticas, lagos e rios. A natureza nas montanhas de Altai surpreende por sua virginidade.
Passeios a pé ou a cavalo, alpinismo e flutuação por rios das montanhas Katun e Tchuia são muito populares. Anualmente mais de três mil pessoas participam na flutuação da baixa e média corrente de Katun que permite organizar rotas de qualquer nível de dificuldade.
Há muito tempo que Altai atrai os pescadores. Katun e seus afluentes, famoso lago Teletskoe e outros lagos das montanhas são cheios de peixe. São muitas as espécies valiosas taimen e cariús. É muito popular para com os alpinistas a zona da montanha Belukha que é a mais alta na Sibéria.

Saian

Saian é um território vasto na parte sul da Sibéria ao leste de Altai. Saian compreende dois sistemas de montanhas Saian Ocidental e Saian Oriental o está na parte sul da região de Krasnoiarsk, Khacássia, Tuvá, parte sul da região de Irkutsk e parte ocidental de Buriátia. Estas regiões são pouco populosas e por isso atraem os amadores da natureza selvagem e virgem. Aqui são muitos os rios e lagos de água pura, quedas de água e florestas de taiga são encantos de Saian. São merecedores de viagens o “Corredor de Saian” no rio Enisei, quedas de água em Dotot, Khamsara e Bii-Kheme, vulcões inativos Kropotkin e Peretoltchin no leste de Tuvá e muitos dos lagos da depressão de Todjinsque.
Saian é uma zona popular de turismo aquático. Os rios montanhosos afluentes de Enisei são óptimos para flutuação de diferentes níveis de dificuldade, incluindo rotas arriscadas. O grande rio da Sibéria Enisei e seus afluentes múltiplos são ideais para pesca. Aqui habitam mais de 30 espécies de peixes, a maioria só se encontra na Sibéria. As espécies mais interessantes para pescar são esturjão de Sibéria, acipenser, lúcio, nelma, muxun, taimen. Mesmo os peixes tradicionais de muitas regiões tais como lúcio, perca e outros na Sibéria tem dimensões extraordinárias e a quantidade de peixes é muito maior do que na zona europeia da Rússia. O tempo óptimo para a pesca de verão é de junho até setembro e para a pesca de inverno e primavera é de novembro até abril e maio.

O lago Baikal 

O lago Baikal tem idade de cerca de 25 milhões de anos. Baikal é o lago mais fundo do planeta e contém quinta parte de toda a água potável do mundo que é limpa e transparente. Muitos rios e riachos levam suas águas por fluxos ruidosos com quedas de água ao Baikal. Mas nasce no Baikal somente um rio Angará que é afluente de Enisei.
O Baikal surpreende por riqueza da flora e fauna. 60% de mais de 2,5 mil espécies de animais e plantas locais são únicos deste lugar do mundo. Baikal é famoso por beleza dos seus panoramas. Aqui estão na vizinhança taiga e zonas semidesérticas, tundra e estepes pedrosas. Nas costas do lago são organizados três coutos e dois parques nacionais. Em 1996 o Baikal foi incluído na lista da UNESCO de reservas universais.
Em qualquer estação do ano o Baikal é interessante para viajantes. Em taiga na zona de Baikal há muitos animais selvagens: ursos, glutão, zolito, zibelina, carneiro de neve. Os pescadores estão interessados em taimen, khariús, lenok e famoso omul de Baikal.

Baikal é o centro principal de turísmo na Sibéria. A natureza virgem convida aos passeios por taiga e montanhas, navegar pelo lago em lancha ou em iate à vela, pescar ou navegar em canoa por rios na zona de Baikal, visitar famosas cavernas subterráneas. As cavernas mais conhecidas são de Nijneudinasque com majestosas abóbadas, e fantásticos estalagmites e estalactites.
O território na zona do Litoral e de Khabarovsk são florestas e selvas que não conhecem influência da civilização, são pitorescas vales dos rios e encostos das montanhas, são animais selvagens e plantas raras , são espumas de ressaca e majestosas rochas emergindo das profundezas de água. Somente neste lugar cresce teixo e veludo de amur, arália e genchen, coníferas do norte e lianas do sul e nas profundezas dos rios reina salmão de Sibéria - taimen. A natureza neste território é extraordinariamente bonita em qualquer estação do ano. Um dos lugares mais atraentes para descanso e turismo ecológico é o parque nacional de Sikhoté-Alim em que habita o famoso tigre (de Amúr) da Sibéria.

As ilhas Sakhalin e Curilas

A ilha Sakhalin está banhada por quentes águas do mar japonês e mar de Okhotsk e é rica de coisas notáveis. A viagem ao longo do litoral no meio de grandes rochas e golfos, visita ao balneário do vulcão da ilha, flutuação em canoas por rios da corrente rápida é só uma parte pequena daquilo que os turistas podem esperar.
As Curilas são arquipélago no oceano Pacífico e é uma série de vulcões activos um dos quais o Tiatia é considerado o mais bonito do mundo. O mar dá deliciosos produtos aquáticos. Os lugares notáveis de Kurilas são basaltos de cabo Stolbtchatiy, lagos Fervente e Frio, vulcão activo de Mendeleev, fontes quentes em que águas estão aquecidas até 90 graus.

Kamtchatka

Os mais importantes e únicos lugares de Kamtchatka encontram-se na parte sul e central. São, em primeiro lugar, vulcões activos que contam 27 dos 28 da península e a maioria das fontes de águas mineralizadas quentes e frias. Os turistas gostam muito do vulcão Avachinsky, de verão pode-se subir até a beira da sua cratera e de inverno praticar esqui de montanha nos seus encostos, gostam ainda da vale do rio Nalitchev com diferentes fontes de águas mineralizadas e desenvolvida rede das vias turísticas.
A famosa vale de Gêiseres é único fenômeno natural e se encontra em poucos lugares do mundo um dos quais está no território do parque nacional de Kronotsk um dos mais grandes e mais velhos da Rússia.

Informação relacionada